O amor que guardei para mim

Tudo passa, este amor vai passar também

Publicado em 05/05/2016, às 07h05 | Atualizado em 05/05/2016, às 08h05

Por Malu Silveira

O tempo nos dá força para esquecer as coisas ruins e nos garante amor para continuar acreditando nas coisas boas / Foto: Free Images

O tempo nos dá força para esquecer as coisas ruins e nos garante amor para continuar acreditando nas coisas boas Foto: Free Images

Em uma mesa de bar, uma amiga contava como se sentia após o término de um relacionamento. Tentava explicar o que era seguir em frente, mesmo com tanta coisa deixada para trás. Porque ainda havia amor. Um pouco de apego. Aquela insegurança que sufoca. Uma saudade que bate todo dia na nossa porta. Eram tantas perguntas não respondidas e algumas respostas que, agora, pareciam não fazer muito sentido. De todas as incertezas, porém, uma garantia lhe confortava. Tudo passa. 


Leia também:
» Somos substituíveis ou deixamos as pessoas passarem fácil demais?

Veja bem, tudo passa. O tempo nos dá força para esquecer as coisas ruins e nos garante amor para continuar acreditando nas coisas boas. Você vai chorar, vai desacreditar, vai se perguntar o porquê e em muitos momentos não vai conseguir entender a razão dos rompimentos. Você vai se descabelar, vai ficar debaixo das cobertas para curar as feridas. E é muito provável que você não consiga dormir, por isso a noite vai virar sua inimiga.

Você vai querer desbravar o mundo. E nessas aventuras você vai questionar as partidas alheias e lamentar os descasos do próximo. Por muitas vezes você vai pedir abrigo, vai querer um abraço apertado. Um telefonema demorado. Você vai precisar de colo de mãe, pai, irmão, amigo. 

» Outros textos em O amor que guardei para mim

Algumas vezes você não vai conseguir segurar as lágrimas e vai se esconder para não ter que lembrar de tudo isso. Você vai querer voltar atrás tantas vezes que vai até perder a conta. Muita gente vai parecer não entender a sua dor, mas, confie. Tudo passa. 

Você terá que tomar muitas decisões morrendo de medo. E depois dessas escolhas, vai notar que continua vivo
 Nesse barquinho que não afunda mas também não segue em frente, você vai terminar encontrando algum pequeno motivo para não desistir. E vai se agarrar a todos eles. Pode ser uma ligação despretensiosa. Um elogio inesperado. Um convite animador. Uma palavra sincera. Um tempinho dedicado só a você numa rotina atarefada. Um recado cheio de carinho. Sinais de que você deve seguir na luta. Esta é a sua batalha. E, pode acreditar, tudo passa.

Em alguns muitos momentos você provavelmente vai querer sumir. Tirar férias. Um tempo só seu. Vai tentar fugir de tudo que pode te fazer mal. Mas logo, logo, você vai entender que os problemas correm mais rápido.  E então você vai ter que aprender a ser forte. Vai ter que sair da zona de conforto. Vai ter que tomar muitas decisões morrendo de medo. E depois dessas escolhas, você vai notar que continua vivo.

Até que um dia, finalmente, o sol vai brilhar lá fora e você vai encontrar o seu caminho. Você conseguirá desatar alguns nós. Se livrar de várias amarras. Vai entender que viver agarrado ao sofrimento é travar o amadurecimento - doloroso, mas necessário. Você vai perceber que os relacionamentos foram feitos para quem está preparado. E vai ser nessa hora que você vai comemorar por compreender que, apesar de tudo isso, você continua disposto. Afinal, tudo passa. Este amor vai passar também. 

*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

O amor que guardei para mim Malu Silveira é jornalista. Uma garota de palavras e que adora frases de efeito. Escreve para tentar entender a vida e esse tal do amor. Outros textos em www.oamorqueguardeiparamim.com.br. maluspmelo@gmail.com

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: Silvia Morais- 25/05/2016 16:29 PALMAS!
  • De: Sergio- 05/05/2016 17:27 É difícil, muuuuuuuuuuito dificil, mas, TUDO (realmente) PASSA. Busque apoio espiritual, mergulhe no trabalho, estude, viaje, fique só, nao caia na bagaceira que logo a tormenta passa.
Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo