AO VIVO
Veja como está a saída do Recife para o interior do Estado

Usina de Histórias

Todo mundo tem uma tia velha

Publicado em 04/04/2017, às 15h55 | Atualizado em 06/04/2017, às 09h15

Por Franco Benites

Vocês já devem ter ouvido falar da tia velha. É aquela que mora longe, aparece nas horas mais impróprias, pega o controle da televisão para assistir ao programa Silvio Santos, pergunta sobre 'as namoradinhas' ou diz que aquele seu amigo é 'maconheiro'. Todo mundo tem uma tia velha assim ou conhece quem tem.

As tias velhas podem parecer lenda urbana, assim com o tio do 'é pavê ou pra cumê?', mas elas existem.

Também tenho uma tia velha. É tia por ser irmã da minha mãe. É velha porque alcançou os 75 anos idade em janeiro deste ano.

Mas, ao contrário das tias velhas do senso comum, minha tia Ivone é muito bem-vinda por perto.

Vi minha tia no último sábado, quando almoçamos juntos. Ali, diante dela, me dei conta de algo que, por teimosia afetiva, não enxergava: 'a idade chegou' para ela.

A gente crê que apenas as mães acham que o tempo passa rápido demais ao verem os filhos crescerem, mas essa é uma reclamação que nós, filhos e sobrinhos, também temos.



Ali pela década de 1990, o sustento da minha tia foi tirado de almoços que ela vendia na própria casa ou entregava em domicílio. Em parte da infância e da adolescência, fui entregador das quentinhas que Ivone preparava e morrida de vergonha dessa tarefa. Hoje sinto orgulho desse passado e uma ponta de tristeza porque já me envergonhei de poder ajudar a minha tia.

Ivone também já foi dona de um pensionato. A casa vivia cheia de gente do interior de Pernambuco e de outras cidades do país que vinham ao Recife por um motivo qualquer. Talvez minha tia não saiba, mas estar nesse ambiente tão diverso me ensinou a respeitar as diferenças e fez com que eu me interessasse pelas história das pessoas.

Às vezes, as tia velhas nem velhas são. Em alguns casos, nem mesmo são tias de sangue. Não importa. Todo mundo tem uma tia velha. Eu tenho a melhor de todas.

Todo mundo tem uma tia velha; dê valor a sua / Foto: Reprodução/Internet

Todo mundo tem uma tia velha; dê valor a sua Foto: Reprodução/Internet


*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

Usina de Histórias Franco Benites Franco Benites é jornalista e repórter do Jornal do Commercio. Entende que o mundo vai além da briga entre esquerda e direita e foi feito para ser vivido, observado e narrado. francobenites@gmail.com

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo