AO VIVO
Veja como está a saída do Recife para o interior do Estado

Plantas ornamentais

Cada vez mais populares, cactos e suculentas ganham fãs no Recife

Publicado em 16/02/2017 , às 20 h00

Lucas Vaz NE10

Feira disponibiliza ao público mais de 40 tipos de suculentas e cactos / Foto: Lucas Vaz/NE10

Feira disponibiliza ao público mais de 40 tipos de suculentas e cactos Foto: Lucas Vaz/NE10

Virando febre entre os recifenses, as suculentas e cactáceas andam sendo muito procuradas para enfeitar a casa e têm servido como terapêuticos a seus cultivadores. Até o próximo sábado (18), o público pode conferir várias dessas plantinhas na feira de cactos e suculentas, promovida pelo Outlet das Flores, na Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. A feira conta com mais de 40 espécies de cactos e suculentas que variam a faixa de preço de R$ 1,99 a R$ 580. No último fim de semana, o evento recebeu cerca de 500 visitantes, o que demonstra a afinidade do público recifense pelas plantas. 

“O consumo de flores em Pernambuco ainda é muito baixo. O principal objetivo da feira é fomentar esse consumo, para que as pessoas tenham acesso a esses produtos. Antigamente havia muitas feiras que vinham de outros estados para cá, principalmente de São Paulo, mas isso foi diminuindo ao longo do tempo”, comenta Pedro Alcântara, gerente do Outlet das Flores e organizador do evento. 

Suculentas e cactáceas são plantas originárias de climas áridos e secos que armazenam água em suas raízes, talos e folhas, motivo pelo qual possuem estruturas grossas e carnudas. Elas são ideais para o cultivo no Recife já que necessitam, basicamente, de exposição ao sol e de regas esporádicas, o que as fazem ter uma grande longevidade. "Minha primeira suculenta eu ganhei há seis anos atrás de uma amiga e ela vive até hoje. A durabilidade dessas plantas é muito grande", aponta Manuela Tenório, que possui três suculentas e se diz apaixonada pelas plantinhas.



E é essa facilidade de cultivo que se torna um dos maiores atrativos para esse tipo de planta ornamental. “Eu passo o dia fora de casa, não tenho muito tempo para cuidar. Por isso gosto de cactos, porque não tenho que ficar de olho todo dia e não morre rápido se não cuidar direito. Sem falar que dá uma decoração muito bonita”, afirma o estudante de arquitetura Rodolfo Alan, que já criava cactos há um ano e meio e foi atraído à feira pela diversidade e pelo preço das plantas.

“Por ser um tipo de planta mais fácil de cuidar, acaba atraindo mais o consumidor. Depois que as pessoas aprendem a cuidar das suculentas e dos cactos, elas acabam gostando da prática e se arriscando a cuidar de plantas mais delicadas”, afirma Pedro Alcântara. 

Maria de Fátima usa o cuidado com as plantas como terapia

Maria de Fátima usa o cuidado com as plantas como terapiaFoto: Lucas Vaz/NE10

A dona de casa Maria de Fátima cultiva suculentas há cerca de seis meses e começou depois que foi apresentada à planta por uma vizinha. “Sempre tive muitas plantas mas não gostava de suculentas porque precisava dar uma atenção maior para elas, porque são mais delicadas. Elas me ensinaram a ter mais paciência e hoje cuidar delas é uma terapia para mim. Além de que é algo viciante, porque você compra de uma espécie e já está querendo comprar mais de outras.”, afirma. “Eu também não conhecia muito de cacto e hoje sou apaixonada. Faço até mudas para dar de presente”, complementa.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Feira de suculentas e cactos

Plantas podem ser adquiridas a partir de R$ 1,99
Crédito: Lucas Vaz/NE10

Feira de suculentas e cactos

Composições em terrário é uma das opções de decoração
Crédito: Lucas Vaz/NE10

Feira de suculentas e cactos

Vasos coloridos são uma boa pedida para colocar os cactos e suculentas
Crédito: Lucas Vaz/NE10

Feira de suculentas e cactos

Rodolfo gosta da praticidade dos cuidados com os cactos e do potencial de decoração deles
Crédito: Lucas Vaz/NE10

Feira de suculentas e cactos

Cactos mais rústicos também atraem o público.
Crédito: Lucas Vaz/NE10

Mercado em Expansão

O mercado brasileiro de plantas e flores segue em expansão, apesar do cenário de crise econômica. Anualmente, o setor cresce numa média de 8% a 12% por ano, o que corresponde a uma movimentação na economia de cerca R$ 4,2 bilhões. “Flores e plantas é algo que mexe muito com as emoções das pessoas e acho que esse é um dos principais fatores para que o mercado não tenha sido afetado pela crise. As plantas podem ser dadas de presente, podem ser usadas na decoração e até para fazer companhia, já que hoje as pessoas estão cada vez mais solitárias”, explica Alcântara.

Como cuidar?

 

Cada espécie de cacto e suculenta pede um cuidado especial de acordo com seu tipo. O mais indicado é que o consumidor procure as informações com o produtor ou revendedor da planta. Confira abaixo os cuidados para alguns tipos de cactos e suculentas:


 

SERVIÇO

Feira de Cactos e Suculentas
Onde: Outlet das Flores (Av. Mascarenhas de Morais, 291 - Imbiribeira, Recife)
Quando: até Sábado (18), das 7h às 18h


PALAVRAS-CHAVE: feira decoração suculenta cacto

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: Gilvan de Melo Silva- 17/02/2017 22:37 Adorei a matéria vou la amanha mesmo parabéns pela reportagem.
  • De: Muhhamad Theo Gomes- 17/02/2017 14:33 na estrada de Aldeia, no Km 9,5 tem uma floricultura que sempre tem mudas de suculentas alem da famosa flor do deserto para vender, vale conferir. fone de lá é......3459-3444

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo