Dificuldade

Mulheres com pé grande sofrem para achar sapatos de numeração maior

Publicado em 21/12/2016 , às 07 h59

Priscila MirandaNE10

Sapatos femininos maiores que 40 são difíceis de se encontrar à venda / Foto: Priscila Miranda/NE10

Sapatos femininos maiores que 40 são difíceis de se encontrar à venda Foto: Priscila Miranda/NE10

Mulheres que calçam 39 costumam procurar um pouco mais nas prateleiras para achar o calçado ideal que caiba em seus pés. Porém a dificuldade de quem calça mais de 40 e quer comprar um sapato feminino que seja confortável e bonito é muito maior. Infelizmente, o mercado ainda é restrito na produção de sapatos e sandálias para mulheres com pé grande.

A enfermeira Gabriela Tiago, 30 anos, está no início de uma gravidez e já sente dificuldades para encontrar sapatos e sandálias para seus pés tamanho 40. “O inchaço vai complicar ainda mais a minha situação. Nas lojas, as vendedoras ensinam técnicas de alargar a sandália, até hidratante eu passo nas bordas do sapato”, conta.

Moradora de Olinda, Região Metropolitana do Recife, ela afirma que desde os 15 anos de idade calça 40 e sempre encontrou problemas para comprar algo que caiba no pé. “Hoje é um pouco mais fácil, mas nem tanto. São poucas lojas que vendem e sempre é mais caro. Acabo pagando o preço mais caro e os vendedores continuam alegando que é porque é uma numeração que vem pouca”, explica Gabriela.

DANDO UM "JEITINHO" Gabriela Tiago está grávida e precisa "folgar" suas sandálias para não sofrer com o inchaço nos pés, comum na gestação. Foto: Priscila Miranda/NE10

Outra mulher que encontra dificuldades é a perita Maria Clara de Sena, 37. Calçando 42, ela também reclama dos preços mais salgados para os sapatos de numeração maior que 40. “Existem lojas específicas para o pé feminino de número maior, mas sempre são com preços altos. A gente paga pelo valor de dois sapatos. As lojas precisam entender as especificidades da mulher brasileira. A questão da mulher transsexual também, que costuma consumir bastante, o comércio deveria estar preparado para elas”, diz.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), não existe nenhuma norma nem legislação para que as fábricas de sapatos produzam uma quantidade mínima do produto. “Inclusive, caso uma fábrica queira produzir apenas um número, ela pode”, afirma Roberta Ramos, gestora de projetos da Abicalçados.

Ela completa que as empresas calçadistas costumam estar antenadas às tendências de moda e de mercado, porém a demanda por números grandes ainda é pequena se comparada aos abaixo de 40. “Entendemos que, se as empresas ainda não se dedicaram à produção de calçados femininos acima de 40, é porque ainda não existe uma demanda representativa para essa adaptação na produção. Mas existem empresas que se focam em nichos que podem ser ou de tamanhos maiores ou de tamanhos menores, abaixo de 33”, comenta.

Buscando alternativas para o pé grande

Se são poucas as lojas que comercializam sapatos maiores, o jeito é se apegar a elas. A universitária Mariane Monteiro, 22, sabe exatamente os locais que precisa ir quando precisa de um novo sapato tamanho 41. “Eu normalmente compro na Zappataria ou em lojas artesanais, como a Vitalina. A Zappataria trabalha com uma numeração fora do padrão, então sempre consigo achar lá rasteiras, salto ou sapatilhas. Ultimamente conheci, através de uma trans, a loja Líria Aquino, na Conde da Boa Vista. Tenho um mocassim de lá, mas ela vende vários modelos diferentes”, afirma.

A analista de compras Júlia Lapa também frequenta as lojas especializadas para comprar sapatos para seu pé 41/42, como a Zappataria. “Internet sempre tem opções, mas é arriscado comprar sem calçar porque às vezes um 42 fica bom, mas 41 fica melhor... depende muito do modelo e da forma do sapato”, afirma.

A Zappataria é unanimidade na fala das entrevistadas. A marca, que possui três lojas no Recife, trabalha com fabricação própria e conta com modelos exclusivos para praticamente todos os tamanhos de pés. “Temos do 33 ao 43. A maioria das adolescentes hoje em dia está usando números grandes. Tenho cliente de 12, 13 anos que já usa 43”, afirma Ana Clara Oliveira, gerente da Zappataria que fica no Shopping Tacaruna, em Santo Amaro, Centro do Recife.

Algumas lojas têm percebido essa procura por números grandes e estão passando a se adaptar. É o caso da loja Flor de Caju, em Jardim Atlântico, em Olinda que não vende calçados femininos maiores que 40, mas passará a vender no ano que vem. “A procura é grande, então teremos com certeza. A nova coleção 2017 já virá com tamanhos grandes”, afirma a empresária Maria da Paz.

ADAPTANDO-SE A PEDIDOS  A loja Flor de Caju, em Olinda, vai passar a comercializar sandálias femininas maiores que o 39. Foto: Reprodução/Facebook

SERVIÇO Lojas com numeração maior
Zappataria
Unidades no Shopping Tacaruna, Boa Viagem e Boa Vista

Vitalina
Rua Olímpio Tavares, 57 - Casa Amarela, Recife

Líria Aquino
Avenida Conde da Boa Vista, nº 1175 (em frente ao Crefisa), Boa Vista, Recife

Flor de Caju (a partir de 2017)
Avenida Fagundes Varela, nº 988, loja 03, Jardim Atlântico, Olinda

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: Kimi- 21/10/2017 01:05 Sim, informe endereço ou e-mail para quem mora fora de Pernambuco
  • De: Ana Carolina Candido- 18/10/2017 18:57 Oi meninas, boa noite! Estou fazendo uma pesquisa referente as mulheres que tem dificuldades em encontrar sapatilhas, saltos, entre outros, com numeração a cima dos 40. O intuito dessa pesquisa, é saber a quantidade de mulheres que sofrem com isso, pois estou querendo abrir uma loja de sapatos, especializados em numeração especial, a cima dos 40,bem localizada, e também online para acabar com esse sofrimento! Eu mais que ninguém, sei muito bem como é ruim andar em um shopping, ou em lojas de rua, ver sapatos um mais lindo do que o outro e não poder comprar devido a falta de tamanho. Calço 43, e o intuito deu abrir essa loja, futuramente expandi-la, é ter a felicidade, o prazer e a auto estima alta ao colocar um belo par de sapatilhas!!! Então, quero que me falem, quais são os modelos que mais gostam? qual é a numeração que tem mais dificuldade de encontrar? quanto calçam? qual é a faixa etária de preço que pode vir alegrar voces na hora da compra? Aguardo respostas, pois estou muito curiosa e ansiosa para que de certo! obrigada, beijinhos..
  • De: Domínio da Moda- 24/12/2016 09:53 Na internet existem ótimas opções, entre elas a Domínio da Moda: www.dominiodamoda.com.br
  • De: ANGELA MARIA DA SILVA- 21/12/2016 16:08 TAMBÉM SOFRIA COM ESSE PROBLEMA. AGORA NA MINHA CIDADE, GRAÇAS A MIM, HÁ TRES LOJAS QUE VENDEM SAPATOS FEMININOS ATÉ O NUMERO 43.
  • De: Ursula Metz- 21/12/2016 13:15 E muitas vezes o problema não é somente o comprimento dos sapatos, como também a largura. Nos Estados Unidos, há tres larguras de sapatos, A, B e C. Isso é muito bom e não sei porque não é adotado aqui. Mesmo quem exporta sapatos para lá precisa ter as tais larguras.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo