NE10

Streaming

UE avança para acesso completo a serviços como Netflix em todo o bloco

Publicado em 13/02/2017 , às 11 h40

NE10 e AFP

Parte do conteúdo online ficava inacessível por conta de um bloqueio por geolocalização para proteger os direitos autorais / Foto: Divulgação

Parte do conteúdo online ficava inacessível por conta de um bloqueio por geolocalização para proteger os direitos autorais Foto: Divulgação

Europeus assinantes de um serviço de conteúdo online, como Netflix, Canal+ ou Deezer, vão poder continuar a acessar este conteúdo quando viajarem na UE, informou a Comissão Europeia.

"Qualquer um que contratou um serviço para assistir o seu programa favorito, ouvir música ou assistir a eventos esportivos em casa poderá fazer o mesmo quando viajar na Europa", comemorou Andrus Ansip, vice-presidente da comissão responsável pelo mercado único digital.


A maior parte do conteúdo online, como Netflix para vídeo, Canal+ para televisão ou Deezer para a música, ficavainacessível quando um assinante ia para o exterior, devido a uma técnica chamada de bloqueio por geolocalização para proteger os direitos autorais.

O Parlamento Europeu, os Estados-Membros e a Comissão Europeia chegaram a uma posição comum na terça-feira à noite para remover este obstáculo para os viajantes na UE a partir de 2018, aponta o comunicado.

O texto deve ainda ser confirmado pelo Conselho da UE e pelo Parlamento Europeu.

Os serviços que fornecem conteúdo gratuitamente, como alguns canais de televisão ou rádios públicas, "poderão propor o mesmo serviço de portabilidade a seus assinantes", segundo a Comissão.

Não é fácil

Não é novidade para os assinantes da Netflix, que cada país conta com um catálogo diferente, o que leva em conta contratos definidos com os estúdios de acordo com as regiões e, apesar da decisão da União Europeia, colocar o fato em prática é difícil, conforme a própria Netflix. Sendo assim, todos os contratos deverão ter que ser revistos.

PALAVRAS-CHAVE: netflix

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo