gravação de dvd

Saulo Fernandes emociona o público no primeiro show aberto da carreira solo

Publicado em 07/04/2013, às 08h56 | Atualizado em 20/07/2014, às 13h10

Mellyna ReisDo NE10/Bahia

O retorno do cantor Saulo Fernandes aos palcos, agora em carreira solo, foi em grande estilo. Em um dos espaços para shows mais charmosos da capital baiana, o ex-vocalista da Banda Eva emocionou os fãs que foram à Concha Acústica do Teatro Castro Alves, neste sábado (6), na primeira noite de gravação do DVD.

Diante de uma plateia lotada e cheia de expectativas para rever o artista, Saulo iniciou a apresentação por volta das 18h40, ao som de Raiz de Todo Bem, que apesar de nova, já foi cantada em coro pelo público. Logo no começo, o cantor foi saudado por dezenas de pares de chinelos - marca de Saulo - erguidos pelo público.

O show foi dividido em três partes. No primeiro, Raízes, foram músicas para dançar, exaltando o lado percussivo e africano do trabalho. Acompanhado de piano e cordas, Trovador foi o momento sentimental, embalado por hits românticos. Já na terceira parte, Da Massa, o baiano comandou uma "Pipoca da Concha", colocando a plateia para pular.

Entre as novidades estão um cenário que mescla artesanato, a partir de pallets de madeira, com projeção de imagens tridiomensionais, assinado pela cenógrafa Renata Motta, mas baseado nas inspirações do cantor. A apresentação também teve a presença de um corpo de baile, coordenado pelo coreógrafo Zebrinha, que destaca a baianidade e traços da cultura afro.


Cantor ganhou bailarinos e cenário que mistura artesanato e tecnologia (Fotos: Mellyna Reis/NE10 BA)

Durante 1h30 aproximadamente, Saulo seguiu à risca uma seleção de música que entrarão no novo DVD. Entretanto, diferente do que ocorre com algumas gravações, o show seguiu direto, com apenas uma repetição, que foi recebida pelos fãs como um plus, principalmente por ter sido durante a participação especial da cantora Ivete Sangalo.

Vestindo um tubinho preto bem justo, a musa do Axé dividiu União com o afilhado musical por duas vezes, para garantir a qualidade na presença no disco. "Você já chorou foi muito hoje já? Eu conheço pelos olhos", afirmou Ivete, sobre um dos momentos mais marcantes da noite, segundo Saulo.



Em boa forma, Ivete levou o público ao delírio cantando com o afilhado musical

O repertório do show que entrará no novo trabalho inclui ainda Preta, Singela Bruta, Azamoa, Planta na Cabeça, Niuma - que terá a participação de Davi Moraes e Cezinha -, Amor com 1Q de Saudade, Zóio Teu, Esquadros (de Adriana Calcanhotto), o Mundo Estava em Guerra - que neste domingo (7) será gravada com Alexandre Carlo, vocalista  do Natiruts, e o pout-pourri Tão Sonhada/Só Por Ti/Anjo. 

Para completar o setlist do novo disco, o anfitrião da noite ainda mandou Bárbaro Doce Nego, Vú, Agradecer, Ginga do Reggae - que ganhou de presente do músico Edson Gomes -, e a empolgante Rua 15, que rendeu um dos pontos altos da apresentação.



Passada a etapa de gravação, lá pelas 20h10, Saulo Fernandes pode relaxar e curtir o show mais à vontade, para a alegria do público. "Acertamos tudo. Agora 'tá tudo liberado. A festa vai começar", comemorou o cantor, que excedeu o tempo estimado de apresentação, aproveitando que a captação de imagens ocorreu tranquilamente.

Os fãs puderam escolher algumas canções e tiveram Circulô, Lugar da Alegria, e até Dançando, de Ivete Sangalo. "Ivete é mãe de família. Ela já se picou [foi embora]", explicou o músico, diante do pedido para que a baiana voltasse a dividir o palco com ele. Ainda teve uma performance do sucesso do Carnaval 2013, Ziriguidum (Filhos de Jorge), e a emocionante canção da antiga banda, Eva. 

GALERIA:
» Confira mais fotos na fanpage do NE10 Bahia

Já no camarim, o músico conversou com a imprensa sobre a estreia da carreira solo para o grande público, depois de ter feito um pocket show transmitido ao vivo pela internet. "Não é diferente porque é a mesma turma. É uma coisa bem de casa mesmo", considerou Saulo, que carrega nesta nova fase alguns parceiros que o acompanham desde a banda Chica Fé, como o empresário Peu Aguiar.

 

Esbajando simpatia, o cantor atendeu aos fãs dentro e fora do camarim até quase duas horas após ter deixado o palco. "A música promove esses encontros. As pessoas se conhecem sem ao menos ter referência umas das outras. Eles vêm para Salvador como uma espécie de retiro, o encontro do amor", ressaltou Saulo, ao comentar sobre preferência da Concha para a gravação, o que não impediu a presença de admiradores de outros estados.

Dentro e fora do camarim, Saulo atende aos pedidos para tirar fotos com os fãs

Neste domingo (7), haverá o segundo show para a gravação do DVD, também na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, no Campo Grande, a partir das 18h. A apresentação tem a direção artística de Elísio Lopes Jr. Os ingressos estão esgotados. 

SERVIÇO Gravação do primeiro DVD de Saulo

Quando: hoje (7), a partir das 18h

Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador

Convidado: Alexandre Carlo, do Natiruts

Censura: 15 anos

Ingressos esgotados

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Fechar vídeo